Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 23 de Março, 2012

Dia Mundial da Água

Hoje comemoramos o dia mundial da água, assim como tantos outros dias comemorativos, o qual neste caso foi instituído para que nos concientizemos do consumo racional deste recurso indispensável à vida.

Já ultrapassamos a casa dos 7 bilhões de pessoas no planeta; certamente há espaço para mais gente, mas há crescentes dúvidas, se os recursos são compatíveis para tal; é o que chamamos de sustentabilidade: palavra muito em moda nos dias atuais. Vivemos o limiar de mudanças de paradigmas; o que nos parecia normal até pouco tempo atrás, no uso dos recursos, hoje não é mais. Muito embora a água do planeta seja a mesma em quantidade, não é a mesma em qualidade; estamos poluindo nossos aquíferos e dessa forma, a quantidade de água potável, está diminuindo.

É interessante nos lembramos de um fato político dos anos 60, na renúncia do presidente Jânio Quadros, quando a notícia correu o mundo chegando a Israel, um país que convive com a escassez de água desde tempos imemoriais e a exclamação do seu dirigente maior sobre o notícia: Pq renunciaria o presidente de um país com tanta água? Como se isso fosse fator impeditivo para tal. Parece que o fato de sermos privilegiados com essa benesse, não nos obriga a conservar esse recurso precioso. Lembro recentemente da visita de um estrangeiro em nossas terras; ao qual foi perguntado o que de mais notório havia chamado sua atenção, ao que ele respondeu: o consumo desmedido e descabido de água no Brasil, beira à insensatez. É só observarmos o uso irracional e abusivo de água na lavagem de carros e calçadas.

Se não bastasse isso, a contaminação dos recursos com poluentes de toda espécie, com o aumneto das atividades urbanas e industriais, assim como a descarga de seus efluentes nos corpos dágua, como agrotóxicos, óleos, fertilizantes, permitem o acúmulo de nutrientes, especialmente o nitrogênio e fósforo, provocando um fenomêno conhecido como eutrofização das águas, o que permite a proliferação de cianobactérias, ou algas azuis. Algumas espécies dessas algas produzem substâncias capazes de alterar as propriedades organolépitcas dos corpos dágua e introduzir toxinas no meio líquido,

Denominadas cianotoxinas, essas substâncias causam potenciais patogenias neurotóxicas, hepatotóxicas, dermatotóxicas em animais terrestres, aquáticos e humanos, tanto pela dessedentação ou pelo contato.

Em um estudo recente,conduzido pelo SOS Mata Atlântica de janeiro de 2011 até março deste ano, em 49 rios de 11 estados brasileiros, os resultados trazem uma má notícia para o Dia Mundial da Água. Nenhum deles tem condição boa ou ótima. Em termos de contaminação, 75,5% deles, foram classificados como regular e 24,5%, como ruim, de acordo com o levantamento, que visou interagir com a população, para alertála com o problema da contaminação de rios, córregos e riachos. No trabalho em questão, os índices levavam em conta uma pontuação, a qual compõe o Índice de Qualidade da Água (IQA), padrão definido no Brasil por resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), obtido pela soma da pontuação de 14 parâmetros físico-químicos, biológicos (como temperatura, vermes, coliformes fecais e oxigênio dissolvido) e de percepção, como odor, turbidez e presença de espumas, de lixo, de peixes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O que podemos fazer para a busca do consumo consciente da água, começa dentro de nossas casas; com cuidados simples, desde a lavagem de louças, reciclagem de água de máquina de lavar roupas, para o uso em descargas de banheiros e lavagem de pisos, bem como na coleta e armazenamento de água de chuva para irrigação de jardins.

Desta forma, estaremos adquirindo consciência para o uso racional desse importante recurso natural, agindo localmente para chegar ao globalmente.

Só saberemos o real valor da água, quando a fonte secar.

 

Read Full Post »